jun 10

Caso Intercept e Lava Jato: Filhos de Bolsonaro defendem Moro e atacam site que divulgou mensagens criminosas e mentiras sobre Lava-Jato

0saves

Vocês  sabem que está por trás desse site ???

Pesquisem,  e verão que por trás pode estar a maior rede de bandidos  e hackers criminosos com o intuito de soltar condenados, como Lula, Sérgio Cabral ladrão confesso, que arruinou o Rio De Maneiro, e outros criminoso0s com alto poder de destruição.

O Globo

BRASÍLIA – Embora o presidente Jair Bolsonaro ainda não tenha se manifestado publicamente sobre as mensagens trocadas com procuradores da Lava-Jato pelo ex-juiz federal Sergio Moro , os seus três filhos políticos já saíram em defesa do atual ministro da Justiça e da Segurança Pública. Eles minimizaram as revelações do site The Intercept Brasil, e atacaram a forma como as informações foram obtidas, segundo eles, por meio de uma invasão criminosa…mais aqui

jun 10

Caso Intercep e Lava Jato: Hackers Criminosos já “mexem” com o STF, e ministros dizem que decisões de Sérgio Moro podem ser revistas

0saves

Tudo que os bandidos queriam, soltar o Lula, Sérgio Cabral e demais condenados, bandidos hackers vencerão ???

Aguardar o STF, que na boca do povo, deixa para lá…

 

Fonte Folha DE SP

Ministros do Supremo Tribunal Federal ficaram alarmados com a publicação pela The Intercept Brasil das mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro –hoje ministro da Justiça– e a força-tarefa da Lava Jato.

As mensagens revelam que Moro orientou investigações e poderia até ter antecipado informações para o procurador Deltan Dallagnol sobre os casos da Lava Jato.

Nas primeiras conversas durante o dia de hoje, alguns dos ministros acharam que já está claro que não se aplica um dos argumentos usados pela força-tarefa da Lava Jato em sua defesa.

Os procuradores afirmam que as mensagens foram obtidas de forma criminosa e, por isso, invocam a teoria da “Árvore dos frutos envenenados”: uma prova ilícita não pode ser usada para condenação…mais aqui

jun 10

Caso Intercept e :Lava Jato: Invasão Criminosa pode ter êxito, Conselho do Ministério Público deve investigar Deltan Dallagnol

0saves

Fonte Folha de SP

O CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), que fiscaliza as atividades de promotores e procuradores, deve investigar o procurador Deltan Dallagnol e outros que trocaram mensagens agora reveladas pelo site The Intercept Brasil.

Nelas, Dallagnol conversa com o juiz Sergio Moro sobre estratégias da investigação contra o ex-presidente Lula no caso do triplex.

Já na noite de domingo (10), integrantes do conselho discutiam o que fazer.

“Em primeiro lugar, precisamos verificar se o conteúdo [das mensagens divulgadas] é verdadeiro. Caso isso se confirme, o CNMP não pode deixar de examinar o assunto”, diz o conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello…mais aqui

jun 10

Caso Intercept Brasil e Lava Jato: Sérgio Moro CAGA para crime de divulgação de mensagens, “não vi nada de mais”

0saves

O ministro Sergio Moro (Justiça) afirmou nesta segunda (10) em Manaus que não viu “nada de mais” nas mensagens que ele trocou com o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba.

“Na verdade, eu me manifestei ontem [domingo], não vi nada de mais nas mensagens. Havia uma invasão criminosa de celulares de procuradores, pra mim isso é um fato bastante grave ter havido essa invasão e essa divulgação. E, quanto ao conteúdo, no que diz respeito a minha pessoa, eu não vi nada de mais.”

O conteúdo foi divulgado neste domingo (9) pelo site Intercept Brasil e mostra que os dois trocavam colaborações quando integravam a força-tarefa da Operação Lava Jato.

Moro, que hoje é ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro (PSL), foi o juiz responsável pela operação em Curitiba. Ele deixou a função ao aceitar o convite do presidente, em novembro, após a eleição…mais clique aqui